image

O tratamento eficaz da apneia do sono pode melhorar rapidamente sua qualidade de vida diária. Começar a usar seu aparelho CPAP nem sempre é fácil, mas o VitalAire te guia em cada etapa para você aproveitar ao máximo sua terapia e voltar a viver sua vida plenamente.

image

Seu consultor em terapia CPAP:
um conselheiro pessoal

O consultor de terapia respiratória do VitalAire estará ao seu lado para explicar aspectos técnicos, responder a todas as suas dúvidas, prever qualquer problema que possa surgir e ajudar você a se sentir confortável para tornar suas primeiras noites mais fáceis* e o resto de sua vida melhor.

*Pode levar no mínimo de uma a duas semanas para estar totalmente confortável com a máquina e a máscara.

Graças ao Pack dos Sonhos CPAP

Melhor
entendimento

Melhor compreensão da sua condição médica, seus hábitos de sono e suas preferências para lhe oferecer as melhores soluções

Melhor
tratamento

Conhecimento adequado, suporte e ajustes para melhorar o conforto de seu tratamento

Melhores
resultados

Uso regular e avaliação frequente da eficácia do tratamento para maximizar os impactos positivos em sua vida

O Pack dos Sonhos ajuda você a alcançar o potencial total de sua terapia, além de resultados sustentáveis no longo prazo.

imageimage
Os primeiros sintomas desaparecem assim que se inicia o uso do CPAP, tais como excesso de fadiga e sonolência excessiva diurna. A partir daí, mais resultados aparecem ao longo de algumas semanas e duram pelo tempo que você usar o aparelho Cpap.4
icon

Sobre sua
vida diária

Quando usado de acordo com as instruções,
o tratamento CPAP é considerado
100% eficaz contra os sintomas
do dia-a-dia associados à
apneia do sono:

  • Sensação de sonolência durante o dia
  • Adormecer enquanto dirige ou no trabalho
  • Baixa concentração e produtividade
  • Depressão, irritabilidade ou mau humor5,6
  • Dores de cabeça matinais7,8
  • Sensação de asfixia à noite
  • Ronco alto
  • Libido reduzida
  • Idas frequentes ao banheiro durante a noite
  • Pesadelos frequentes
icon

Sobre sua
saúde

Ao tratar sua apneia do sono,
você também pode conseguir
reduzir os riscos de diversas
doenças relacionadas no longo prazo:9,10,5,6

  • Hipertensão7,11
  • AVC e doenças cardíacas5,6,7,11
  • Diabetes tipo 212,13,14
  • Ganho de peso11
  • Síndrome metabólica15
  • Acidentes de trânsito16
  • Foco e vigilância17

A terapia CPAP pode reduzir o risco de colisão com um veículo em 2,5 vezes16

Nosso objetivo é ajudar você a melhorar sua vida de forma rápida e sustentável

Um programa personalizado com 3 etapas para o sucesso

step 1

Selecionar

Já que ter a máscara certa é essencial para o conforto e eficácia do seu tratamento, testamos diferentes modelos em você até encontrarmos o mais adequado para o seu rosto. Dentre a mais ampla gama de aparelhos CPAP, selecionamos aquele que melhor corresponde aos seus hábitos de sono, preferências e orçamento. Você escolhe seu pacote de serviços de acordo com suas necessidades.

step 2

Adaptar

Para iniciar a terapia CPAP em condições ideais, fornecemos orientações sobre a doença e suas consequências, o tratamento e os seus benefícios. Também configuramos seu aparelho CPAP de acordo com a sua prescrição e preferências de conforto. Além disso, treinamos você para usá-lo diariamente e oferecemos dicas úteis para ajudar na adaptação ao tratamento e ajustar sua vida a ele.

step 3

Monitorar

Mantemos contato próximo com você. Monitoramos sua terapia remotamente e a ajustamos, se necessário, dialogando com seu médico. Você recebe toda a orientação e assistência médica de que precisa, em qualquer estágio da sua terapia. Além disso, registramos sua oximetria uma vez por ano para verificar a eficácia do tratamento.

1. Bollig S. Encouraging CPAP adherence: it is everyone’s job. Respir Care. 2010;55(9):1230-9.

2. Krieger J. Long-term compliance with nasal continuous positive airway pressure (CPAP) in obstructive sleep apnea patients and nonapneic snorers. Sleep. 1992;15(6 Suppl):S42-6.

3. National Sleep Foundation. Sleep and CPAP adherence. Consulted 10/12/2020 @ https://www.sleepfoundation.org/articles/sleep-and-cpap-adherence

4. Reynard CJ. Pression positive continue : un traitement pour le long terme. Rev Med Suisse 2009;5:1065-8.

5. Young T, et al. Epidemiology of obstructive sleep apnea: a population health perspective. Am J Respir Crit Care Med. 2002;165(9):1217-39.

6. Young T, et al. Sleep Disordered Breathing and Mortality: Eighteen-Year Follow-up of the Wisconsin Sleep Cohort. Sleep . 2008;31(8):1071-8.

7. Campos-Rodriguez F, et al. Effect of Continuous Positive Airway Pressure on Blood Pressure and Metabolic Profile in Women with Sleep Apnoea. Eur Respir J. 2017;50(2):1700257.

8. Cass E, et al. Depressive Symptoms before and after Treatment of Obstructive Sleep Apnea in Men and Women. J Clin Sleep Med. 2015;11(9):1029-38.

9. Peppard P, et al. Longitudinal Association of Sleep-Related Breathing Disorder and Depression. Arch Intern Med. 2006;166(16):1709-15.

10. Wheaton A, et al. Sleep Disordered Breathing and Depression among U.S. Adults: National Health and Nutrition Examination Survey, 2005-2008. Sleep. 2012;35(4):461-7.

11. Gottlieb D, et al. CPAP versus Oxygen in Obstructive Sleep Apnea. N Engl J Med. 2014;370(24):2276-85.

12. Mokhlesi B, et al. Effect of One Week of 8-Hour Nightly Continuous Positive Airway Pressure Treatment of Obstructive Sleep Apnea on Glycemic Control in Type 2 Diabetes: A Proof-of-Concept Study. Am J Respir Crit Care Med. 2016;194(4):516-9.

13. Martínez-Cerón E, et al. Effect of Continuous Positive Airway Pressure on Glycemic Control in Patients with Obstructive Sleep Apnea and Type 2 Diabetes. A Randomized Clinical Trial. Am J Respir Crit Care Med. 2016;194(4):476-85.

14. Aronsohn R, et al. Impact of Untreated Obstructive Sleep Apnea on Glucose Control in Type 2 Diabetes. Am J Respir Crit Care Med. 2010;181(5):507-13.

15. Sharma S, et al. CPAP for the metabolic syndrome in patients with obstructive sleep apnea. N Engl J Med. 2011;365(24):2277-86.

16. Mahssa K, et al. Sleep apnea-related risk of motor vehicle accidents is reduced by continuous positive airway pressure: Swedish Traffic Accident Registry data. Sleep. 2015;38(3):341-9.

17. Siccoli M, et al. Effects of Continuous Positive Airway Pressure on Quality of Life in Patients With Moderate to Severe Obstructive Sleep Apnea: Data From a Randomized Controlled Trial. Sleep. 2008;31(11):1551-8.

18. SPLF. Recommandations pour la pratique clinique sur la prise en charge du syndrome d’apnées hypopnées obstructives du sommeil de l’adulte. Rev Mal Respi 2010; 27(3):S113-S178.